Seis perguntas sobre a oração

Q: O Que é Oração?
Simplificando, a oração é comunicar-se com Deus. A verdadeira oração é expressar nossa devoção ao nosso Pai celestial, convidando-O a falar conosco enquanto falamos com Ele.

Q: Quem pode orar?

Qualquer pessoa pode orar, mas somente aqueles que andam pela fé e obedecem a Cristo podem esperar receber respostas às suas orações.

O contato com Deus começa quando recebemos Jesus em nossa vidas como Salvador e Senhor (João 14:6). Orar com um coração limpo é também vital para uma oração bem sucedida. Nós não podemos esperar que Deus responda as nossas orações se houver qualquer pecado não confessado em nossa vida ou se estivermos cultivando um espírito não perdoador (Salmos 66:18; Marcos 11:25). ). Para Deus responder nossa orações, devemos ter fé e pedir de acordo com a Sua vontade (Mateus 9:29; 21:22; 1 João 5:14,15).

Q: Por que Devemos Orar?

A Palavra de Deus nos ordena a orar (Lucas 18:1; Atos 6:4; Marcos 14:38; Filipenses 4:6; Colossenses 4:2; 1 Timóteo 2:1,2).

Nós oramos para ter comunhão com Deus, receber encorajamento e força espiritual para viver uma vida vitoriosa e manter intrepidez para um testemunho vibrante para Cristo.

A oração libera o grande poder de Deus para mudar o curso da natureza, das pessoas e nações.

Q: Para Quem Devemos Orar?

Nós oramos ao Pai em nome do Senhor Jesus Cristo, através do ministério do Espírito Santo. Quando oramos ao Pai, as nossas orações são aceitas por Jesus Cristo e interpretadas a Deus, o Pai, pelo Espírito Santo (Romanos 8:26, 27,34).

Q: Quando Devemos Orar?

A Palavra de Deus nos ordena para “Orar sem cessar” (1 Tessalonicenses 5:17). Nós podemos estar orando durante todo o dia, expressando e demonstrando a nossa devoção a Deus, enquanto realizamos as nossas tarefas diárias.

Nem sempre é necessário estar ajoelhado ou mesmo num quarto tranqüilo para orar. Deus quer que estejamos em comunhão com Ele constantemente, não importa onde estejamos. Podemos orar no carro, enquanto lavamos a louça ou enquanto caminhamos na rua.

Q: O Que Devemos Incluir em Nossas Orações?

Embora a oração não possa ser reduzida a uma fórmula, certos elementos básicos devem ser incluídos em nossa comunicação com Deus: Adoração, Confissão, Agradecimento, Súplica (CASA).

C – Confissão

Quando a nossa disciplina para orar começa com adoração, o Espírito Santo tem a oportunidade para revelar qualquer pecado em nossas vidas que necessita ser confessado.

A – Adoração

Adorar a Deus é cultuar e louvá-lO, honrar e exaltá-lO em nosso coração, mente e com os nossos lábios.

S – Súplica

A Súplica inclui a petição pelas nossas próprias necessidades e intercessão pelos outros. Ore para que o seu interior possa ser sempre renovado, sempre sensível e fortalecido pelo Espírito Santo. Ore pelos outros: seu cônjuge, seus filhos, seus pais, vizinhos e amigos; nossa nação e autoridades. Ore pela salvação das pessoas, por uma oportunidade diária de levar outros a Cristo e ao ministério do Espírito santo e pelo cumprimento da Grande Comissão.

A – Agradecimento

Uma atitude de agradecimento a Deus, pelo que Ele é e pelas benevolências que gozamos por pertencermos a ele, permite-nos reconhecer que Ele controla todas as coisas, não apenas as bênçãos, mas também os problemas e as adversidades. Quando nos aproximamos de Deus com um coração grato, Ele se torna forte em nós.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião