Sete razões para contribuir com a obra de Deus

A Igreja uma instituição divina. Ela foi criada pelo Senhor Jesus Cristo para ser sal da terra e luz do mundo, ela é a noiva do cordeiro, a família de Deus aqui na terra, o corpo vivo de Cristo, é também chamada de povo de Deus, nação santa e vinha de Deus. Cristo é a cabeça e nós somos os seus membros. A Igreja antes de ser uma instituição é um organismo vivo onde o Espírito Santo concede dons para o serviço, estimula, dá criatividade, poder e gera as idéias, os projetos e faz funcionar o Corpo de Cristo.
A Igreja também é uma instituição humana. Composta de homens e mulheres libertos e regenerados por Cristo mas, que ainda são pecadores por isso precisam prestar contas uns aos outros, serem liderados por pessoas mais maduras, aconselhadas, estimuladas e encorajadas para crescerem na vida cristã. É por isso que temos os presbíteros, os diáconos, as auxiliares de culto, os coordenadores, supervisores, os líderes de grupo familiar, auxiliares, hospedeiros e líderes de ministérios, etc.
Na administração, devemos prestar contas aos irmãos, prestar contas ao Governo Federal através da Receita Federal, comprovar as despesas com notas fiscais, pagar impostos e tributos a quem de direito e se os administradores agirem desonestamente podem até ir para a cadeia, é por isso que temos um setor de contabilidade com registros, arquivos, etc. É por causa disso que no final de cada ano fazemos um relatório de atividade e o apresentamos a igreja no final do ano (resumo no verso do boletim) e no início de cada ano fazemos prestação de contas. Todo o trabalho da igreja é sustentado por dízimos e ofertas do povo de Deus. Os valores gerados nas congregações, já estão ajudando a pagar o salário do pastor ou evangelista.
Deus mesmo estabeleceu o modo de sustento da sua obra: dízimos e ofertas. Abaixo vamos enumerar as sete razões para contribuir com a obra do Senhor:

1- Contribua, porque foi Deus quem instituiu este método de sustentar a sua obra.
No livro de Gênesis, antes da instituição feita na lei, encontramos Abrão entregando os seus dízimos a um sacerdote por nome Melquisedeque. Na lei, foi ensinado que o povo de Deus deveria entregar os seus dízimos e ofertas aos sacerdotes para que fossem abençoados por Deus.”Também todas as dízimas da terra tanto dos cereais do campo como das árvores, são do Senhor; santas são ao Senhor, no tocante as dízimas do gado e de tudo o que passar debaixo da vara do pastor, o dízimo será santo ao Senhor.” (Lv 27. 30 e 32; Mt 23:23)

2- Contribua, porque você estará honrando a Deus com seus bens e com seus dízimos. Conforme provérbios 3.9; “Honra o Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda”;

3- Contribua, porque você estará experimentando as bênçãos de Deus em sua vida. A continuação do texto acima trás uma promessa divina: ”E se encherão fartamente os eus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares”. (Pv 3.10)”. Ler também Malaquias 3. 10-12;

4- Contribua, você estará participando da expansão da obra de Deus.
É por causa da fidelidade de muitos irmãos que a IPM implantou nos últimos 30 anos 34 congregações em Manaus, das quais 3 já foram organizadas em igrejas e outras 3 podem ser organizadas no próximo ano. Todas com seus respectivos templos. No interior estamos presentes em muitos municípios e em muitas comunidades ribeirinhas, já temos 58 congregações, 56 delas com seus templos e outras em fase de construção, também já iniciamos trabalhos evangelísticos em outras 40 comunidades ribeirinhas. São os dízimos que sustentam os 8 barcos da igreja viajando o ano inteiro, isto envolve marinheiros, missionários, manutenção dos barcos, motores, combustível, etc.

5- Contribua, você estará ajudando a melhorar a qualidade de vida de milhares de pessoas.
No ano passado, foram feitos pelo menos 12.000 atendimentos médicos e odontológicos em nossas viagens, isto tudo gratuitamente, e ainda acompanhado de medicamentos.

6- Contribua, você estará aumentando seu galardão nos céus.
Escrevendo aos filipenses Paulo disse: “Não que eu procure o donativo, mas o que realmente me interessa é o fruto que aumente o vosso crédito”. (Fp 4.17).Paulo estava falando de ofertas. Em Apocalípse 14.13 tem uma promessa gloriosa sobre este assunto. Jesus, em outro texto, disse que nem copo de água fria dada a um dos seus pequeninos deixa de receber galardão.

7- Contribua, porque tudo estará subindo como aroma suave na presença de Deus.
O apóstolo Paulo assim se expressa sobre a oferta enviada pelos filipenses “…o que veio de vossa parte como aroma suave, como sacrifício aceitável e aprazível diante de Deus”. ( Fp. 4. 18)

Amados irmãos, Deus nos deu um grande privilégio que é contribuir com Sua obra. Vamos fazê-lo sem negligência, sem avareza, mas de boa vontade, espontaneamente e com alegria.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião