A teologia da reciprocidade

Neste sermão você vai aprender sobre a teologia da reciprocidade.

Respondas as Seguintes perguntas:

  1. Você gosta de ser bem tratado?
  2. Como você trata as outras pessoas?
  3. Você gostaria de ser tratado como você trata outras pessoas?

Ver resultado da pesquisa

Reciprocidade é um substantivo feminino que significa mutualidade, representando a característica do que é recíproco.

A reciprocidade é uma particularidade de enorme valor na sociedade, porque de acordo com a psicologia social as relações mútuas contribuem para a conservação de normas sociais. O conceito de reciprocidade está presente em várias culturas e religiões e é apresentada como uma norma imprescindível para uma convivência saudável. A reciprocidade é essencial não só para os seres humanos, mas também para animais irracionais, como babuínos, por exemplo.

No ramo da filosofia, Kant descreveu a reciprocidade como a capacidade intelectual através da qual se torna compreensível a relação entre dois ou mais elementos do mundo comum, mutuamente percebidos no espaço, de aspecto e forma integrantes.

A reciprocidade também é um um conceito importante no âmbito das relações internacionais, e acontece quando um determinado país dá e recebe direitos ou vantagens para outro país.

Reciprocidade significa dar e receber, por isso, no amor a reciprocidade significa que o amor é correspondido.

João 13.14 Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros.

João 13.34 Um novo mandamento vos dou. Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis.

João 13.34; 13.35; 15:12; 15.17; Romanos 12.10; 13.8; 1 Tessalonicenses 4.9

Romanos 13.8 A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos ameis uns aos outros; porque quem ama aos outros cumpriu a lei.

Romanos 14.13 Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes, seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão.

Romanos 15.7 Portanto, recebei-vos (acolhei-vos) uns aos outros, como também Cristo nos recebeu para glória de Deus.

tomar ou receber em casa, com a ideia paralela de bondade 1d) receber, i.e., conceder acesso ao coração 1d1) acolher em amizade e relação 1e)

Romanos 16.16 Saudai-vos uns aos outros com santo ósculo. As igrejas de Cristo vos saúdam.

Gálatas 5.13 Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis, então, da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pela caridade.

Gálatas 5.15 Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros.

Gálatas 5.26 Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.

Efésios 4.2 com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,

Efésios 4.32 Antes, sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.

Efésios 5.21 sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus.

Colossenses 3.9 Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos

Colossenses 3.13 Suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.

Colossenses 3.16 A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais; cantando ao Senhor com graça em vosso coração.

avisar (alguém) da incorreção de seu modo de agir, pensar etc.; censurar, repreender.

advertir (alguém) de maneira branda (sobre alguma coisa); aconselhar.

1 Tessalonicenses 4.18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.

1 Tessalonicenses 5.11 Pelo que exortai-vos uns aos outros e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis.

parakaleo – 1) chamar para o (meu) lado, chamar, convocar – 2) dirigir-se a, falar a, (recorrer a, apelar para), o que pode ser feito por meio de exortação, solicitação, conforto, instrução, etc. 2a) admoestar, exortar 2b) rogar, solicitar, pedir 2b1) esforçar-se por satisfazer de forma humilde e sem orgulho 2c) consolar, encorajar e fortalecer pela consolação, confortar 2c1) receber consolação, ser confortado 2d) encorajar, fortalecer 2e) exortando, confortando e encorajando 2f) instruir, ensinar

Hebreus 10.24 E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos à caridade e às boas obras,

Hebreus 10.25 não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns; antes, admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais quanto vedes que se vai aproximando aquele Dia.

זהר zahar uma raiz primitiva; DITAT – 531,532; v 1) admoestar, avisar, ensinar, brilhar, iluminar, ser claro, ser brilhoso 1a) (Nifal) ser ensinado, ser admoestado 1b) (Hifil) 1b1) ensinar, avisar 1b2) brilhar, iluminar (fig.)

Tiago 5.16 Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, para que sareis; a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.

1 Pedro 5.5 Semelhantemente vós, jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.

CONCLUSÃO:

Aquilo que eu desejo que me façam eu devo fazer

Da forma que eu quero ser tratado, eu devo tratar

O nosso maior e melhor modelo é o Senhor Jesus Cristo.

autor: Rev. Fernando Luís Pinto

Visite o site www.ejesus.com.br e www.pastorfernando.org.br

//flp

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião