Três dimensões de uma vida completa

– A Bíblia nos diz no livro de Apocalipse, que o apóstolo JOÃO, desterrado na solitária e ignorada ilha de Patmos, encontrava-se ali privado de toda a liberdade, exceto a de pensar (e graças a Deus por isso = não há legislação sobre aquilo que pensamos…)

– Por isso o apóstolo meditou sobre muitas coisas. E em meio as visões e profecias que DEUS lhe dava, ele teve a visão magnífica de algo novo e grandioso. O apóstolo viu uma Jerusalém nova e santa, referido-se assim ao Novo Céu e Nova Terra Celestial em que irão habitar os redimidos pela graça de Jesus.

– E é interessante que ao descrever esta cidade, o apóstolo diz que “O cumprimento, a largura e altura eram iguais”, ou seja, nunca poderia haver desequilíbrio na cidade nova de Deus, com as virtudes sublimes de um lado e os vícios degradantes do outro, ….. a cidade tinha que ser completa em todos os seus aspectos.

– E nesta descrição, peculiar de João e do seu predominante simbolismo apocalíptico, encontramos verdades prementes e profundas. ….. Quando João descreve a cidade nova de Deus, descreve realmente a humanidade ideal. Diz, em substancia, que a vida quando perfeita é completa em todos os seus aspectos.

– Por isso, nestes breves momentos que temos, quero tentar refletir minhas palavras a esta geração de formandos, usando a hipérbole de João sobre a Nova Cidade Celestial, dizendo que a vida deve ser perfeita em todos os aspectos. E para ser completa, precisa das três dimensões citadas por João: comprimento, largura e altura.

– Pensemos pois em primeiro lugar sobre o COMPRIMENTO DA VIDA, ou seja, o interesse individual no desenvolvimento das próprias forças. Num certo sentido é a dimensão egoísta da vida, entretanto existe um interesse pessoal que é racional e salutar.

– O falecido Rabbi Joshua Liebman, num interessante capitulo de seu livro observa que devemos todos amarmo-nos convenientemente a nós próprios antes de, adequadamente, podermos amar os outros.

– Ou seja, todos temos obrigação de sentir interesse por nós próprios, assim como a responsabilidade de descobrirmos a nossa missão na vida. – DEUS dá a toda pessoa normal a faculdade de realizar alguma coisa. Existem dentro de nós forças criadoras em potencial e temos o dever de trabalhar assiduamente na descoberta disso.

– E depois de saber para o que foi destinado, todo homem deve empregar os maiores esforços no sentido de realizar esse objetivo e procurar executa-lo melhor do que ninguém. – Devemos realiza-lo como se DEUS nos tivesse chamado especialmente para isso, num dado momento da história.

– Ninguém pode prestar grande contribuição à humanidade sem esse grandioso sentido da responsabilidade e uma obstinada determinação. Ninguém poderá jamais alcançar realmente a sua potencialidade, sem esse intenso impulso interior.

– Por isso, a dimensão do CUMPRIMENTO DA VIDA representa para vocês um supremo desafio. Precisam compreender que as portas da oportunidade se abrem para vocês e precisam descobrir aquilo para o qual você foi criado e assim trabalhar intensamente para atingir a perfeição nos diversos campos onde irão exercer a suas atividades.

– Ralph Waldo Emerson diz: “Se um homem conseguir escrever um livro, pregar um sermão ou armar uma ratoeira melhor do que o seu vizinho, … ele pode viver isolado no meio de uma floresta, que as pessoas abrirão caminho para chegarem até ele”. – Isso é profundamente verdadeiro. Você não precisa esperar pela emancipação para poder ser útil a vida desse país!

– Portanto, o grande desafio é você descobrir qual a sua vocação e depois, apaixonadamente, realizar o melhor que puder. …. Esse caminhar consciente para uma realização pessoal é o CUMPRIMENTO DA VIDA!!!!

– Pensemos agora sobre a LARGURA DA VIDA. …. há alguém que não vai além da primeira dimensão. Podem até ser pessoas brilhantes, mas que estão presas pelas cadeias de um egocentrismo exarcebado. Vivem confinados nas suas ambições e desejos pessoais.
– Se a vida tem de ser completa, não pode incluir a dimensão do COMPRIMENTO sem ter também a da LARGURA, que é a dimensão que leva o indivíduo a interessar-se pelas condições de vida dos seus semelhantes. O cumprimento sem a largura é como um afluente sem a saída para o mar. Ou seja, para que a vida seja fecunda e significativa, o nosso interesse por nós próprios tem de andar ligado ao interesse pelo próximo!

– DEUS estruturou este universo de tal forma que as coisas não podem funcionar bem desde que os homens não diligenciem cultivar a dimensão da LARGURA. O “EU” nunca pode realizar-se inteiramente sem o “TU”. As pessoas nunca podem ser ela própria sem as outras pessoas!

– Os psicólogos sociais nos dizem que nunca podemos ser de fato alguém, sem estarmos relacionados com os outros. Toda a vida é relacionada entre si, e todos os homens dependem uns dos outros. …. e, apesar disso, continuamos a caminhar a estrada escorregadia do mais desordenado egoísmo. = A maioria dos problemas trágicos que hoje enfrentamos no mundo refletem a incapacidade do homem em aliar a LARGURA ao COMPRIMENTO!.

– Por isso, o reconhecimento da unidade entre os homens e da necessidade de uma preocupação fraterna pelo bem-estar dos outros, é a LARGURA DA VIDA HUMANA!.

– Por fim, a outra dimensão que faltava para completar a vida é a ALTURA, ou seja, o esforço para atingir algo mais alto do que a humanidade. …. Isto é, temos que nos elevar acima da terra e estabelecer a aliança suprema com esse SER ETERNO que é a origem e o fundamento de toda a realidade. Ou seja, juntando a ALTURA ao COMPRIMENTO e à LARGURA, teremos a dimensão completa da vida!!!

– Assim como há quem não passe do COMPRIMENTO, também há os que não vão além da combinação deste com a LARGURA. …. desenvolverão com brilho as suas capacidades interiores ou possuirão talvez um grande sentido humanitário, mas, param aí!! Tão agarrados estão às coisas terrenas que chegam à conclusão de que a humanidade é Deus. …. Tentam viver sem o céu!!!-
– Portanto, quero finalizar minha palavra desafiando-os insistentemente que dêem prioridade a busca de DEUS na vida. Permita que o seu Espírito impregne o seu ser. …. porque haverá temporais longos e perigosos, rajadas de vento impetuoso e ondas muito altas até que o seu barco atinja o seu último porto de abrigo.

– E se você não tiver uma fé firme e profunda em DEUS, você vai ficar sem defesa perante as dificuldades e as desilusões que terá que enfrentar. Sem DEUS a vida é um drama sem sentido a que faltam cenas decisivas …

– Assim, você é desafiado hoje a amar-se a si mesmo: é o comprimento da vida. Desafiado a amar o vosso próximo como a você mesmo: é a largura da vida. – Mas nunca se esqueça, contudo, que existe ainda um primeiro e maior mandamento: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento” (Mateus 22:37) = É a altura da vida.

– Somente desenvolvendo cuidadosamente estas três dimensões você poderá ter a esperança de alcançar uma dimensão de vida completa.

– DEUS ABENÇOE VOCÊ EM SUA CAMINHADA!

Ely Xavier de Barros

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião