Um edifício abrindo portas.

Todo edifício para ser edificado, precisa de projetos. Todo projeto é formado de diversas plantas.
Planta estrutural: É a fundação que sustenta toda a estrutura que fica em baixo da terra.
Planta arquitetônica: É a parte estética da construção a que todos vêem.
Planta elétrica: É a que distribui energia para todo o edifício e que produz e luz.
Planta hidráulica: É a que comanda toda distribuição de água em todos os cômodos da casa.
Projeto telefônico: É o que define todo o meio de comunicação.
E projeto contra fogo: É o meio que se evita todo e qualquer indício de fogo ou incêndio.
Depois do projeto concluído; é necessário ser usado, cuidado, preservado para que haja habitação. Se o edifício for construído e permanecer de portas fechadas, ninguém vai entrar e com certeza vai ficar danificado com o tempo. E com certeza será habitação de invasores.
Vamos tratar aqui de uma estrutura humana, um templo, uma casa espiritual. Tratar de um homem ou de uma mulher como templo do Espírito Santo. Tratar do homem como casa espiritual. Tratar de um edifício criado por Deus. Não feito por mãos humanas.
Este edifício, Deus criou dentro de um projeto completo, maravilhoso, mas houve um invasor, que é satanás, que condenou este edifício.
E esta condenação chegou a tal ponto que este edifício precisaria ser implodido; mas o construtor Deus resolveu restaurá-lo para a sua glória e o fez com toda a segurança.
E para que seja restaurado completamente é necessário que:
Seja revisto sua estrutura, para detectar onde há falhas.
E necessário rever todos os seus projetos, planos, estruturas e plantas:
Para que este edifício seja restaurado é necessário que tenha uma planta estrutural, firmado na palavra, na oração, no jejum para agüentar o peso do ministério que Deus deu a cada um para desenvolver.
É preciso também ter a planta arquitetônica que é o testemunho do dia a dia, a vida do crente que todos vêem e que precisa ser seguida. A planta arquitetônica apresenta a beleza de uma vida aos pés de Cristo, vidas que falam como Cristo falou e andam como Cristo andou e vive como Cristo viveu.
É preciso rever a planta elétrica que é manifestação poderosa do Espírito Santo na vida do crente fazendo-o brilhar e ser luz no mundo. Pois Cristo diz que somos o sal da terra e a luz do mundo. E é necessário que venhamos a brilhar neste mundo tenebroso.
É preciso rever a planta hidráulica que faz a distribuição de água que a palavra de DEUS. O grande apóstolo Paulo afirma que temos que ser lavados pela palavra de DEUS, pois ela penetra na mente, no coração, nos sentimentos no mais profundo de nossa alma. E que ela é mais penetrante que uma espada de dois gumes e divide alma e espírito, juntas e medulas e é apta para discernir os pensamentos; e as intenções dos nossos corações. A palavra de Deus como água e a responsável pela limpeza de nossas vidas.
Mas precisamos urgentemente rever a planta telefônica que e exatamente a nossa comunicação através da oração com Deus nosso pai que esta no céu. Precisamos estar em todos os momentos com todos os meios de comunicações conectados com Deus, falando com Ele a toda hora. Use o seu celular, seu telefone fixo, sua internet, seu orkut, seu msn, use o correio o seu email, use todos os meios de comunicação, mas esteja conectado com Deus.
Há uma necessidade de rever as prevenções contra incêndio que é uma exigência do Corpo de Bombeiro. Porque os incendiários na igreja, são aqueles que não oram, não lêem bíblias, não vivem o evangelho, não tem vida com Deus, são desobedientes e insubmissos, e que são alimentados dos alimentos de demônios.
Mas quais são os alimentos de demônios na igreja?
R: Fofoca, fuxico, maledicência, contenda os que ficam no meio do povo procurando o lixo do diabo. Estes são os incendiários.
E analisando todo este contexto das necessidades de um edifício espiritual cheguei conclui-se que o grande profeta Isaias precisava rever a sua própria estrutura espiritual.
Veja o que ele diz: Isaias: Cap.6 v 1-6.
“Ai de mim sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios” Isaias na presença de Deus confessou que precisava rever os seus conceitos espirituais.
E ele só viu quando realmente ele se colocou na presença de Deus.
O que levou Isaias a reconhecer o seu estado de pecado?

1. Estar no templo e ter uma visão de Deus.

Foi no templo que Isaias viu o Senhor assentado em um alto e sublime trono.
Foi no templo que Isaias viu o seu séqüito enchendo o templo.
Foi no templo que Isaias viu os Serafins e os Querubins sobrevoando aquele lugar.
Foi no templo que ele viu os anjos cantando, Santo, Santo, Santo, é o Senhor.
Foi no templo que ele teve a oportunidade de sentir Deus.
De ser tocado por Deus.
De ser envolvido no amor de Deus.
De ter experiências com Deus.
De ter visão de Deus.
Foi no templo que recebeu a graça de Deus.
Foi no templo que ele pode adorar a Deus.
Foi no templo que pode ver os anjos do Senhor.
Foi no templo que pode ser visitado pelo Senhor.
Foi no templo que pode ter as respostas do Senhor
Foi no templo que ele viu o poder do Senhor

2. Estar no templo e ouvir a voz de Deus.

A voz de Deus é inconfundível.
A voz de Deus e poderosa.
A voz de Deus é transformadora.
A voz de Deus levanta os abatidos.
A voz de Deus da vida
A voz de Deus é como ressoar dos trovões.
A voz de Deus é como o barulho de muitas águas.
Ao ressoar a voz de Deus o limiar do portal do templo se moveu.
E o templo se encheu de fumaça.
E a glória de Deus foi manifesta naquela hora.
E a santidade de Deus dominou aquele lugar.
E Isaias foi envolvido pela santidade do Altíssimo.
E diante da glória de Deus ele pode ver sua situação espiritual.
E sentir o seu estado de miséria diante da santidade de Deus.
E ele pode ouvir os anjos e os arcanjos os serafins e os querubins cantando Santo, Santo, Santo é o Senhor dos exércitos.
E a sua glória encheu aquele lugar.
E ele pode ver a glória e o poder de Deus.

3. Estar no templo e reconhecer o seu erro.

Diante de toda esta experiência no templo e diante do altar do Senhor.
Ele pode sentir realmente quem ele era.
Sua fragilidade.
Sua pequenez.
Sua condição humana.
Sua condição de homem.
E de repente ele viu e sentiu a sua miséria.
Ele sentiu o seu pecado.
As suas transgressões.
E ele gritou desesperado com muita dor diante de um reconhecimento movido pela presença de Deus.
“Ai de mim porque sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios e os meus olhos viram o rei o Senhor dos Exércitos”
E nesta hora veio até ele um Anjo trazendo uma brasa viva que tirara do altar com uma tenaz e tocou nos lábios de Isaias e disse: “a tua iniqüidade foi tirada e perdoado o seu pecado”.

4. Estar no Templo e se colocar a disposição de Deus:

E ao sentir o seu pecado perdoado e ter a sua vida purificada pela brasa viva tido do altar. Ele se sentiu preparado para atender a ordem do Senhor, quando disse:
“A quem enviarei?E quem a de ir por nós?”
Isaias colocou-se em pé e disse:
“Senhor eis-me aqui, envia-me a mim”.
E esta experiência linda maravilhosa extraordinária você poderá ter :
O mesmo trono.
Os mesmos anjos.
Os mesmos serafins e querubins.
A mesma adoração, Santo, Santo, Santo é o senhor dos exércitos.
O mesmo Deus.
A mesma voz abalando o limiar do portal.
A mesma fumaça enchendo o templo.
A mesma santidade do Senhor.
Os mesmos anjos com uma brasa viva tirada do altar.
Os anjos tocando em nossos lábios dizendo.
Eis que a tua iniqüidade foi tirada e perdoado o seu pecado.
E a glória do todo poderoso encherá o lugar onde você está!

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião