Um Natal Sem Preocupação

Introdução

Este texto de Mateus 2.1-12, nos fala da chegada dos Magos, sábios que viviam no Oriente, em busca da recém-nascida criança que seria Rei dos judeus. A notícia, embora tenha trazido alegria para muitos como: os pastores, os magos e outros; no entanto, não trouxe alegria para o rei Herodes.

Tanto os magos, como o rei, estavam debaixo de uma preocupação séria. E a preocupação tem sido, conforme, exaustivamente, nos mostram as Escrituras Sagradas, uma das realidades sérias na existência humana.

Vejamos duas grandes preocupações no Natal de Jesus e tiremos lições importantes para termos

I – A PREOCUPAÇÃO DE HERODES.

“Tendo Jesus nascido em Belém da Judéia, em dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém. E perguntavam: Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo. Tendo ouvido isso, alarmou-se o rei Herodes, e, com ele, toda a Jerusalém:”(vv.1-3).

A grande preocupação, o grande medo do rei Herodes era o de que a criança fosse encontrada, pois uma vez que a encontrassem todas as coisas seriam mudadas. Se fizermos um retrocesso na sua vida veremos que ele era um homem mau e impiedoso. Para manter-se no trono não hesitou em mandar matar seus parentes. A presença de Jesus no seu reino estaria mudando tudo e ele teria que abrir mão de muitas coisas a partir do trono, das benesses do reinado, dos poderes políticos, e uma infinidade de coisas mais.

O encontro de cada um de nós com o Senhor Jesus requer que abramos mão de muita coisa. Deve haver mudança, transformação, entrega, quebrantamento, etc. Conta-se que uma irmã, da Igreja Presbiteriana no Estado do Espírito Santo, dona de uma banca de jornais e revistas viu-se obrigada a vender a revista erótica da Playboy. Ela disse que não faria tal coisa e perdeu a concessão das demais revistas da Editora. Outro fato foi de uma família que estava passando por dificuldades e resolveu montar uma lanchonete. No entanto, como deveria vender bebida alcoólica resolveu não montar esse negócio lucrativo pois estaria contribuindo para o alcoolismo que desgraça famílias e destrói a nação.

II – A PREOCUPAÇÃO DOS MAGOS.

“Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? (v.2). “E, vendo eles a estrela, alegraram-se com grande e intenso júbilo?”(v.10)

Se o rei Herodes se preocupou com o fato de ser encontrada a criança e, consequentemente, ser tudo mudado, a dos Magos era a de não ser encontrada, e, consequentemente nada ser mudado.

Eles investiram uma grande fortuna para realizar a fantástica caravana que os levaria do Oriente até Jerusalém. Uma viagem difícil e de certo modo perigosa em todos os aspectos. Quanto sonho investido. Quanta expectativa acumulada para ver a criança. O simples fato de encontrá-la, tocá-la, pagaria por todo sacrifício. Neles também se cumpriam as profecias de que os gentios estavam sendo atraídos para o Senhor. Para nós, também, o encontro com o Senhor Jesus, não mais a criança da manjedoura e nem o humilde nazareno, mas o Cristo Vitorioso e Ressurreto, realizou os nossos sonhos mais profundos e gloriosos.

III – O ENCONTRO TRANSFORMADOR.

“Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas; ouro, incenso e mirra.” (v.11)

O encontro com a criança mudou tudo na vida daqueles magos.

Três coisas importantes aconteceram na vida daqueles sábios:

Júbilo versus Preocupação: A preocupação cedeu lugar ao júbilo. A preocupação tornou-se em alegria com grande e intenso júbilo. Ninguém, que se aproxima de Jesus, por mais preocupado que esteja, sai da mesma maneira.

Adoração versus Incerteza: A incerteza, a incredulidade obrigatoriamente cede seu espaço para crer e adorar o Salvador da Humanidade.

Novos Caminhos. Depois de terem visto e adorado o Senhor Jesus os magos retornaram por outro caminho. Não o da preocupação ou da incerteza, mas sim da alegria, do júbilo e da tranqüilidade. E, haverá alguma coisa capaz de nos tocar o coração como o poder da tranqüilidade.?

Conclusão:

Como será o seu Natal deste ano? Preocupado com o encontro transformador de Jesus que por certo exigirá que você abra mão de muita coisa, ou feliz por tê-Lo em sua vida? Tudo depende de você, como também dependeu de Herodes e dos magos.

Compartilhe a BençãoEmail this to someone
email
Print this page
Print
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

Comentários

comments

Contribua com sua opinião